Magnésio dimalato: Conheça os benefícios e malefícios

Imagem mostra um vidro com cápsulas brancas.

Sempre que decidimos tomar uma nova substância, precisamos conhecer em detalhes seus pontos positivos e negativos. Se o que você quer saber é quais são os benefícios e malefícios do magnésio dimalato, chegou ao artigo correto! Traremos todas as informações necessárias nas próximas linhas.

A associação com o ácido málico, substância também benéfica ao organismo, faz com que a absorção do magnésio seja muito superior. Assim, você pode aproveitar melhor os efeitos desse mineral fundamental! Mas como nem tudo são flores, é preciso ficar atento também nos pontos negativos que mencionaremos!

Pontos-chave

  • Por aliar o magnésio ao ácido málico, o magnésio dimalato traz os benefícios das duas substâncias. Melhoras na disposição, a saúde cerebral e o sistema imunológico são claras.
  • É preciso tomar cuidado para não consumir magnésio além do necessário, o que pode causar problemas de saúde variados. Apenas um médio pode receitar o magnésio dimalato.
  • Para aproveitar o melhor que o magnésio dimalato pode te oferecer, o ideal é optar por suplementos de marcas de confiança, como é o caso da Sundt.

Guia sobre os benefícios e malefícios do magnésio dimalato

Afinal, o que é magnésio dimalato? Como ele pode te ajudar? E te prejudicar? Existem formas e dosagens ideais para consumi-lo?

Nós conversamos com especialistas e preparamos um guia com as respostas para as dúvidas mais comuns sobre o magnésio dimalato!

Imagem mostra um homem correndo.
Um dos principais benefícios do magnésio dimalato é o aumento da disposição física. (Fonte: Free-Photos/ Pixabay.com)

O que é magnésio dimalato?

O magnésio é um dos minerais fundamentais para o nosso organismo. Ele tem funções importantíssimas para a saúde dos ossos, prevenção de variadas doenças, metabolização de proteínas e aminoácidos e na síntese de ATP, o que fornece energia para o corpo.

Outro integrante importante da síntese de ATP é o ácido málico. Além de ajudar na produção de energia do corpo, ele também previne quadros como fibromialgia e síndrome da fadiga crônica. Ainda é ótimo para a pele.

Nosso corpo não produz magnésio, o que significa que precisamos consumi-lo na alimentação. O ácido málico é sim produzido naturalmente, mas muitas vezes é necessário fazer um reforço de sua quantidade.

E se pudéssemos juntar magnésio e ácido málico? É exatamente isso o que faz o magnésio dimalato! Além de ser uma união de dois componentes importantes, ele garante uma excelente absorção.

Não existe atualmente uma maneira mais eficiente de suplementar magnésio e ácido málico do que com o magnésio dimalato.

Você sabia que o nome químico do ácido málico é ácido hidroxibutanodioico? Muito encontrado na natureza, a sua fórmula química é C4H6O5.

De que forma podemos consumir magnésio dimalato?

Como nosso corpo não produz magnésio, precisamos sempre consumi-lo ou em alimentos, ou em suplementos.

O magnésio dimalato é a melhor forma de absorção do magnésio e ainda contém o ácido málico, também muito importante. Ele é um composto sintetizado em laboratório e, portanto, não encontrado em alimentos.

A única forma de consumir magnésio dimalato é a partir de suplementos. Caso você precise melhorar seus níveis de magnésio e de ácido málico, deve conversar com seu médico sobre começar uma suplementação!

Quais os benefícios do magnésio dimalato?

Ao juntar magnésio e ácido málico, o magnésio dimalato passa a ser um dos suplementos capazes de trazer mais benefícios ao nosso organismo.

Preparamos uma lista com alguns dos principais benefícios do suplemento:

  • Melhora a disposição física: Tanto magnésio, como ácido málico auxiliam na produção de energia pelas células. Dessa forma, a sua disposição aumentará muito com o consumo de magnésio dimalato.
  • Combate a fadiga: Além de ajudar na produção de energia, o magnésio dimalato também atua no combate à fadiga e ao cansaço. Até doenças como a fibromialgia podem ser melhoradas.
  • Melhora o funcionamento do cérebro: O magnésio é uma substância excepcional para o funcionamento do cérebro. Ele ajuda na saúde dos neurotransmissores, faz com que a atividade seja mais intensa e ainda previne doenças como o Alzheimer.
  • Ajuda na qualidade do sono: Pessoas que costumam ter distúrbios durante o sono também podem recorrer ao magnésio dimalato.
  • Previne variadas doenças: O sistema imunológico tem muito a agradecer com o consumo de magnésio. A saúde circulatória também só tem a ganhar. Outra doença que tem menos chances de acontecer quando os níveis do mineral estão satisfatórios é o diabetes.

Todas as pessoas podem tomar magnésio dimalato?

O magnésio dimalato é um produto que não possui contra-indicações. Pode ser tomado por todos os grupos de pessoas, até mesmo gestantes e idosos.

Porém, é preciso ficar atento com alguns detalhes. Primeiro, é ideal evitar o consumo caso você seja alérgico a algum dos componentes da fórmula. E, principalmente, tomar cuidado com a superdosagem.

É recomendado que apenas quem tem deficiência de magnésio consuma suplementos do mineral. Isso porque ele está presente em muitos alimentos e, normalmente, podemos já ingeri-lo em quantidades suficientes na comida.

Se você tomar suplementos de magnésio sem necessidade, pode sofrer com o excesso do mineral. Fraqueza muscular, respiração lenta e perda dos reflexos são alguns dos sintomas da chamada hipermagnesemia.

Consuma magnésio dimalato apenas após recomendação médica!

Quais são as dosagens recomendadas de magnésio dimalato?

Você encontrará disponíveis no mercado cápsulas de magnésio dimalato com dosagens diferentes. Elas podem ter variações entre 400 mg e 700 mg da substância.

Desse valor, porém, nem tudo é magnésio. Há a divisão com o ácido málico e com os demais excedentes.

A dosagem mínima diária de magnésio é 400 mg para homens adultos e de 310 mg para mulheres adultas. Dependendo do quanto você consome do mineral em sua alimentação, a quantidade que precisa ser suplementada também varia.

Esse é mais um motivo pelo qual você deve buscar auxílio médico antes de tomar magnésio dimalato: Um profissional saberá, através da sua alimentação, do quanto você precisa ingerir por dia tanto de magnésio, como de ácido málico, indicando assim a dosagem correta para o seu caso específico.

Há possíveis malefícios no consumo de magnésio dimalato?

Como já mencionamos, o magnésio dimalato deve ser consumido apenas por quem tem deficiência de magnésio ou ácido málico no organismo. Caso contrário, o excesso desses elementos pode ser prejudicial.

Além disso, é importante notar que alguns efeitos colaterais já foram relatados em pessoas que consumiram magnésio dimalato. Apesar de não serem frequentes, é bom que você esteja ciente que eles possam acontecer.

Dentre esses efeitos colaterais, destacam-se náuseas, diarreia, dores abdominais, letargia, queda da pressão arterial, fraqueza muscular, problemas respiratórios e alterações no ritmo cardíaco.

Magnésio dimalato: A tabela de benefícios e malefícios

Você chegou a esse artigo buscando pelos benefícios e malefícios do magnésio dimalato. Preparamos uma tabela, então, que te oferece o panorama mais completo possível!

BenefíciosMalefícios
Regula as quantidades de magnésio e ácido málico no organismoO consumo quando já há quantidades suficientes de magnésio no organismo pode causar hipermagnesemia
É a melhor forma de consumir magnésioAlguns efeitos colaterais como diarreia e náuseas já foram relatados
Gera um considerável aumento da disposição física
Combate a fadiga
É excelente para a saúde do cérebro
Previne doenças como Alzheimer e diabetes
Ajuda a regular a qualidade do sono

O magnésio dimalato é a melhor forma de consumir magnésio?

Existem várias formas de apresentação do magnésio no mercado. Você encontrará suplementos tão variados como óxido de magnésio, cloreto de magnésio, magnésio quelato e magnésio dimalato.

Quase todos os tipos de suplementos de magnésio têm suas vantagens e desvantagens e podem servir para diferentes sistemas do organismo. Porém, o magnésio dimalato é sim a forma mais eficiente.

Por ser aliado ao ácido málico, outra substância indispensável para o corpo humano, e ao mesmo tempo ter uma altíssima absorção pelo organismo, o magnésio dimalato pode sim ser considerado o melhor suplemento de magnésio disponível no mercado.

Veja a seguir uma tabela comparando os principais suplementos de magnésio:

Óxido de magnésioCloreto de magnésioMagnésio quelatoMagnésio dimalato
VantagensTem ótimo efeito para aliviar dores estomacais e como laxanteMelhora a disposição para a prática de atividades físicas e a imunidadePor ser ligado com a glicina, tem ótima absorção e é muito indicado como suplemento de magnésioAlém dos benefícios do magnésio quelato, traz também o ácido málico
DesvantagensNão é um suplemento de magnésio, baixíssima absorçãoPossui baixa absorção se comparado aos demais tiposNão traz os benefícios também do ácido málicoPode ser um pouco mais caro que os demais

Suplementos de magnésio dimalato: Conheça os melhores

Agora, você já conhece os benefícios e os malefícios do magnésio dimalato! Que tal falarmos também sobre como encontrar os melhores suplementos?

Após ter a recomendação médica, você já saberá exatamente o que deve buscar!

Imagem mostra uma mão segurando várias cápsulas com diferentes aspectos.
O magnésio pode ser consumido com várias fórmulas diferentes. (Fonte: guvo59/ Pixabay.com)

Como saber quais são os melhores suplementos disponíveis?

Como são bastante modernos, os suplementos de magnésio dimalato ainda não são tão comuns no mercado. Ao encontrá-los, muitas vezes você pode ter dúvidas sobre a procedência e pensar se a aquisição realmente vale a pena.

Nós recomendamos os suplementos da Sundt, empresa que fabrica apenas produtos de muita qualidade e que se preocupa com a sua saúde. Com eles, você tem a certeza de absorver tanto magnésio, quanto ácido málico da maneira que o seu corpo precisa.

O melhor critério para a escolha de um suplemento de magnésio dimalato é a confiabilidade na marca. Se você conhece a fabricante ou já leu avaliações positivas, pode fazer a compra sem medo. Os resultados provavelmente serão excelentes.

Por que escolher um suplemento de alto nível de magnésio dimalato?

Se você realmente precisa suplementar magnésio e ácido málico, não pode negligenciar a sua saúde. Por isso, é indispensável escolher um suplemento de qualidade.

Como a maior diferença entre um suplemento para outro é a capacidade de absorção, se você consome um produto não tão bom acaba não ingerindo seus componentes nas quantidades ideais. Os benefícios para a saúde são notados em incidência menos satisfatória.

Para ter o melhor controle possível do quanto consome de magnésio e de ácido málico, escolha um suplemento de alto nível, preferencialmente da Sundt.

Conclusão

O magnésio dimalato é a melhor opção para quem precisa suplementar magnésio. Seus benefícios são muito mais numerosos e mais claros que seus malefícios. Poucos efeitos colaterais podem eventualmente acontecer, enquanto quase sempre o corpo passará por sensíveis melhoras em variados sistemas.

Quem deseja tomar magnésio dimalato deve procurar por produtos de qualidade. Os da Sundt são a nossa recomendação e garantem que você terá uma suplementação do mais alto nível.

(Fonte da imagem destacada: freegr / Pixabay.com)