Para que serve o cloreto de magnésio?

Imagem de flocos de cloreto de magnésio.

O cloreto de magnésio é utilizado quando a reposição de magnésio é necessária, principalmente quando a alimentação não é capaz de suprir as necessidades do organismo.

Mas antes de suplementar cloreto de magnésio, você deve entender quais são os benefícios do magnésio, quais os sintomas da deficiência deste mineral e como a falta dessa substância pode prejudicar sua saúde.

Pontos-chave

  • A dose diária recomendada de magnésio varia de 35 a 270mg, depende do gênero e da faixa etária. Como é difícil ingerir essa porção de magnésio apenas pela alimentação, a suplementação de cloreto de magnésio é recomendada.
  • O suplemento de cloreto de magnésio só deve ser introduzido sob orientação de um médico ou nutricionista, pois o profissional orientará o paciente sobre a apresentação, dosagem e duração do tratamento.
  • Esse suplemento é encontrado em diferentes apresentações: Cloreto de magnésio concentrado líquido, em pó ou em cápsulas. O produto pode ser encontrado em farmácias ou casas de produtos naturais.

Para que serve o cloreto de magnésio? Tudo o que você precisa saber

Para o organismo funcionar corretamente, é fundamental consumir os nutrientes necessários. Muitas vitaminas e minerais são produzidos pelo organismo, outros precisam ser consumidos através de alimentos e suplementos.

Um exemplo de substância não produzida naturalmente é o magnésio. Quando há insuficiência deste nutriente, pode ser necessário suplementar cloreto de magnésio. Continue a leitura para saber mais sobre o assunto.

Imagem de uma mulher tomando um comprimido.
O cloreto de magnésio é um suplemento mineral. (Fonte: JESHOOTS.com/ Pexels.com)

O que é cloreto de magnésio?

O cloreto de magnésio é um suplemento sintético composto por magnésio e cloro. O cloro serve para aumentar a biodisponibilidade do magnésio e permitir que o mineral chegue ao intestino para que seja completamente absorvido.

Importante mencionar que o magnésio é encontrado em outras apresentações, mas o cloreto de magnésio é o mais efetivo.

Para que serve cloreto de magnésio?

O magnésio é um mineral muito importante no organismo humano, pois participa de mais de 300 processos bioquímicos, atuando na condução neuromuscular, estimulando o desempenho cerebral, fortalecendo a memória e simplificando o processo de aprendizado.

Esse nutriente também ajuda a regular os batimentos cardíacos, controlar a pressão sanguínea e atuar no metabolismo da glicose e insulina, afastando doenças cardiovasculares como diabetes, hipertensão e derrame.

Outra função desse mineral é auxiliar na absorção de cálcio e aumentar a densidade óssea, prevenindo doenças relacionadas ao enfraquecimento dos ossos, como a osteoporose.

O magnésio também auxilia na prática de atividades físicas, pois o mineral está associado à produção de energia, movimento de contração muscular, recuperação dos músculos após o treino e hipertrofia.

Imagem de uma mulher estudando.
O cloreto de magnésio proporciona diversos benefícios para o cérebro. (Fonte: bongkarn thanyakij/ Pexels.com)

Quais são os benefícios do cloreto de magnésio?

O cloreto de magnésio promove inúmeros benefícios para o organismo humano, pois previne e trata uma série de doenças, como as listadas abaixo:

Auxilia no tratamento de diabetes

O magnésio auxilia na metabolização do açúcar pela produção de insulina, o hormônio responsável por controlar os níveis de açúcar no interior das células e a produção de glicose pelo fígado.

Controle de cólicas menstruais

As cólicas menstruais são provocadas pela contração do útero. O cloreto de magnésio pode reduzir esses episódios, pois auxilia na regulação hormonal no período pré-menstrual.

Reduz os efeitos do estresse

Quem está estressado experimenta alterações no sono, tensão muscular, problemas de concentração e memória, cansaço constante e até dor no peito. Ao suplementar cloreto de magnésio, você notará diminuição dos efeitos do estresse no organismo a curto e longo prazo.

Auxilia na manutenção da saúde dos ossos e dos dentes

O cloreto de magnésio previne doenças ósseas como osteoporose, pois o magnésio é responsável pela absorção de cálcio e vitamina D, duas substâncias fundamentais para manter a densidade óssea. Outro benefício é o fortalecimento dos dentes.

Beneficia a saúde cardíaca

O cloreto de magnésio promove inúmeros benefícios para a saúde cardíaca, pois ajuda a controlar a pressão arterial, o ritmo cardíaco e prevenir a parada cardíaca e derrame. Mas o suplemento deve ser associado a uma alimentação equilibrada, prática de exercícios físicos e redução do estresse.

Diminui as crises de asma

O cloreto de magnésio ajuda a dilatar os brônquios, mantendo o bom funcionamento dos pulmões e diminuindo crises de asma – durante uma crise, ocorre contração dos brônquios e dificuldade respiratória.

Redução da enxaqueca

O cloreto de magnésio também é capaz de relaxar os vasos sanguíneos, ajudando a reduzir as dores de cabeça e enxaquecas.

Melhora a digestão

O cloreto de magnésio contribui para o reequilíbrio da saúde estomacal, ajudando a reduzir a acidez do suco gástrico, diminuir a sensação de estufamento após as refeições, acelerar a digestão e estimular o funcionamento do intestino.

Importante mencionar que o cloreto de magnésio possui ação laxativa, pois o mineral estimula os movimentos peristálticos e proporciona maior relaxamento dos músculos intestinais.

Auxilia no tratamento de distúrbios de sono

O cloreto de magnésio também auxilia na prevenção e tratamento de distúrbios de sono, contribuindo para o avanço no tratamento de insônia.

Auxilia na gestação

O cloreto de magnésio também é muito importante durante a gestação, pois o suplemento evita o parto prematuro e diminui o risco de convulsões durante a gestação ou após o parto, uma condição chamada pré-eclâmpsia. Mas o uso de cloreto de magnésio durante a gestação deve ser orientado por um médico.

Reduz o risco de desenvolver câncer de cólon

Segundo estudos preliminares, o consumo de cloreto de magnésio pode reduzir em até 50% as chances de desenvolver câncer de cólon.

Ajuda nas funções cerebrais

Ao consumir cloreto de magnésio regularmente você também perceberá benefícios cerebrais, pois o mineral auxilia na comunicação entre as células neurais. O mineral também é capaz de aumentar a elasticidade e densidade das sinapses cerebrais em diferentes zonas do cérebro.

A substância também ajuda na prevenção de doenças neurodegenerativas, pois combate os radicais livres e evita a morte precoce das células.

Outros benefícios do cloreto de magnésio estão listados abaixo:

  • Redução de câimbras;
  • Aumento dos níveis de energia durante os treinos;
  • Melhora na recuperação muscular;
  • Fortalecimento do sistema imunológico;
  • Aumento da biodisponibilidade da vitamina D;
  • Combate infecções e inflamações diversas.

Quais benefícios do cloreto de magnésio estão em estudo?

O magnésio continua a ser estudado como uma substância importante na prevenção e tratamento de outros problemas de saúde. Alguns dos estudos recentes demonstram que o cloreto de magnésio pode beneficiar os atletas.

O mineral evita problemas de contração muscular, melhora o desempenho nos exercícios, pois auxilia na produção de energia, absorção de oxigênio pelos músculos e equilíbrio eletrolítico.

Imagem de uma mulher se exercitando.
O magnésio ajuda a aumentar a performance esportiva. (Fonte: Sule Makaroglu/ Unsplash.com)

O cloreto de magnésio auxilia no emagrecimento?

O cloreto de magnésio ajuda a inibir o estresse oxidativo e a inflamação das células, processos ligados à obesidade. Além disso, esse mineral ajuda a aumentar a absorção de nutrientes, mantendo o organismo nutrido e saciado por mais tempo.

O cloreto de magnésio também auxilia no aumento de energia e disposição para realizar atividades físicas. Por fim, esse mineral ajuda a controlar o estresse e ansiedade, diminuindo a compulsão alimentar.

Como você pôde notar, o papel do cloreto de magnésio no processo de emagrecimento é indireto. Para conquistar esse objetivo é necessário se exercitar diariamente e manter uma alimentação equilibrada.

 Imagem de alimentos fonte de magnésio
Para emagrecer, mantenha uma alimentação rica em magnésio. (Fonte: Morisfoto/ 123RF.com)

Quais são os sintomas da carência de magnésio no organismo?

Para constatar a carência de magnésio no organismo, você deve se passar por uma avaliação clínica e realizar alguns exames, principalmente se você estiver sentindo alguns dos sintomas listados abaixo:

  • Cãibras: Os espasmos involuntários e dolorosos ocorrem porque os músculos perdem a capacidade de relaxar, afinal o magnésio é essencial no processo de contração e relaxamento muscular.
  • Formigamento: O magnésio também atua no relaxamento das artérias, desse modo, quando a necessidade diária deste mineral não é suprida, a pressão nos nervos aumenta, causando formigamento e dormência.
  • Convulsões: A deficiência de magnésio no organismo faz com que os nervos percam o controle sobre as atividades musculares, podendo resultar em convulsões.
  • Gripes e resfriados: Quando as reservas de magnésio estão baixas, as defesas do corpo também ficam mais fracas, deixando a pessoa vulnerável a resfriados, gripes e outras doenças respiratórias.
  • Mudanças de humor: O magnésio é fundamental para a liberação de serotonina e sua falta pode causar hiperatividade, insônia, ansiedade, nervosismo e irritabilidade.
  • Problemas cardíacos: Quando o organismo não recebe o aporte necessário de magnésio, podem ocorrer contrações contínuas das artérias coronarianas, diminuindo a quantidade de oxigênio que chega ao coração, elevando a pressão arterial e exigindo maior esforço do coração.

Como suplementar cloreto de magnésio?

O cloreto de magnésio é uma alternativa para as pessoas que apresentam deficiência de magnésio no organismo, pois não conseguem suprir as necessidades diárias deste mineral apenas pela alimentação.

O suplemento concentrado, em pó ou cápsulas deve ser consumido de acordo com orientação médica. A dosagem varia de acordo com a faixa etária e gênero do indivíduo, falaremos mais sobre o assunto abaixo.

Imagem de comprimidos.
O cloreto de magnésio está disponível em diferentes apresentações. (Fonte: James Yarema/ Unsplash.com)

O que é cloreto de magnésio lipossomal?

O cloreto de magnésio lipossomal passa por um processo de encapsulamento, ou seja, o mineral é embalado em uma camada fosfolipídica que protege o nutriente até que chegue ao intestino, onde é absorvido.

O magnésio lipossomal é absorvido mais rapidamente e em maior quantidade do que o suplemento comum. Recomendamos que você compre o magnésio lipossomal da Sundt Nutrition, marca alemã referência no segmento.

Imagem de um suplemento de magnésio lipossomal.
O suplemento de magnésio lipossomal é mais efetivo. (Fonte: Divulgação/ Sundtnutrition.de)

Qual a dose diária recomendada de cloreto de magnésio?

A dose diária recomendada de magnésio depende do sexo e da faixa etária da pessoa. O estado de saúde também é determinante para definir as necessidades. Saiba mais na tabela informativa abaixo:

Faixa etáriaMasculinoFeminino
0 a 4 meses24mg24mg
4 a 12 meses60mg60mg
1 a 3 anos80mg80mg
4 a 6 anos120mg120mg
7 a 9 anos170mg170mg
10 a 12 anos230 mg250mg
13 a 14 anos310mg310mg
15 a 18 anos400mg350mg
19 a 24 anos400mg310mg
Acima de 25 anos350mg300mg

Quais são os efeitos colaterais do cloreto de magnésio?

Ao consumir cloreto de magnésio em doses exageradas, pode haver irritação do sistema digestivo causando enjoo, dor abdominal e diarreia aquosa. Outros sintomas são alergia, cansaço, irritabilidade e cãibras musculares.

Conclusão

O corpo necessita de magnésio para manter diversas funções no organismo. Esse mineral está associado ao metabolismo energético, funções musculares, funções nervosas e regulação de outros minerais.

A deficiência de magnésio pode acarretar diversos problemas para o organismo. Portanto, recomenda-se a suplementação de cloreto de magnésio em doses que variam de acordo com a idade – o magnésio é importante durante toda a vida.

(Fonte da imagem destacada: Aleksandar Kitanovic/ 123RF.com)