Para que serve o leite de magnésio?

Leite sendo derramado em colher.

Prisão de ventre e azia. Duas condições que, se não tratadas, podem se agravar. E um dos medicamentos mais usados em situações como essas é o leite de magnésio. Mas a função desse produto é tão ampla que decidimos mostrar para que serve o leite de magnésio.

Além disso, você vai descobrir qual a diferença entre esse produto e o suplemento alimentar de magnésio. Para tanto, vamos apresentar o mais novo suplemento lipossomal, que acaba de chegar no Brasil.

Pontos-chave

  • O leite de magnésio é um medicamento usado principalmente para combater a acidez e a prisão de ventre.
  • Mas também é possível usar essa substância como substituta do desodorante.
  • Agora, se você sofre de deficiência de magnésio, o mais recomendado é usar o suplemento lipossomal desse mineral.

Leite de magnésio: Tudo o que você precisa saber

Indispensável para a saúde, o magnésio é um mineral que participa do funcionamento dos sistemas nervoso, muscular, cardíaco, imunológico e intestinal.

Por conta de seu amplo alcance dentro do organismo, o magnésio é utilizado em diversos formatos, para diferentes objetivos.

Um deles, o leite de magnésio, por exemplo, é composto pelo hidróxido de magnésio diluído em água.

Homem sentado na cama, com mão na barriga e na cabeça.
O leite de magnésio tem efeito laxante. (Fonte: Andrea Piacquadio/ Pexels.com)

Trata-se de um medicamento que age neutralizando a acidez gástrica e, por isso, serve para o tratamento da prisão de ventre, o alívio de azia, má digestão e excesso de acidez no estômago.

No entanto, o leite de magnésio não serve para repor o magnésio em caso de deficiência. Em situações como essa, o ideal é optar pelo suplemento lipossomal, sobre o qual também falaremos nesse artigo.

Como o magnésio ajuda no intestino preso?

O magnésio, entre outras funções, também ajuda a relaxar a musculatura do intestino, que é o que controla a nossa capacidade de eliminar as fezes. Além disso, o mineral ajuda a neutralizar o ácido do estômago.

De modo resumido, confira a seguir os principais benefícios do magnésio para o intestino:

  • Mantém o pH estomacal: Quando o pH do estômago está em níveis adequados, a digestão dos alimentos é facilitada e a evacuação também;
  • Regula o trânsito intestinal: Como o magnésio relaxa a musculatura da parede intestinal, ocorre a regulação do trânsito intestinal, o que auxilia na eliminação de fezes.

Mas os benefícios desse mineral para a saúde intestinal vão depender muito do formato e da forma de uso. Por isso, no formato de leite de magnésio ele é recomendado em situações de constipação e problemas estomacais.

Como ele age como laxante e antiácido, o leite de magnésio aumenta a retenção de água dentro do intestino, o que ajuda a amolecer as fezes e a promover a movimentação intestinal.

Quais são as causas mais comuns da constipação?

A constipação, ou prisão de ventre, pode ser passageira ou constante, simples ou grave. A causa costuma variar e depende de fatores que incluem a alimentação, estilo de vida e condição de saúde.

Reunimos para você as causas mais comuns da prisão de ventre. São elas:

  • Dieta: Uma alimentação pobre em fibras e o consumo de alimentos que favorecem a constipação, além da baixa ingestão de líquidos, contribuem para a prisão de ventre;
  • Medicamentos: Alguns remédios desaceleram o ritmo do intestino como os opióides, sais de ferro e os que tem efeito anticolinérgico;
  • Defecação: Quando o intestino não consegue exercer a força necessária para eliminar as fezes pode ocorrer a prisão de ventre;
  • Laxantes: O uso exagerado e frequente de laxantes e enemas também podem fazer com que o corpo perca a capacidade de evacuar naturalmente.

Além disso, existem outros fatores que podem contribuir para a constipação intestinal como, por exemplo, o sedentarismo, distúrbios metabólicos e neurológicos, hipotireoidismo, doença de Parkinson e diabetes.

Leite de magnésio: Quais são os benefícios?

Formado pela mistura de hidróxido de magnésio, composto que diminui a acidez estomacal, e a água, o leite de magnésio proporciona inúmeros benefícios.

Por ser alcalino, ele tem ação antiácida que ajuda a aliviar o desconforto quando você está com azia ou dores no estômago.

Além disso, ele também possui propriedades laxativas, que lubrificam as paredes intestinais, reduzindo os momentos de prisão de ventre.

Mas o leite de magnésio serve para muitas outras coisas também. Seu potencial alcalinizante permite que ele seja usado até mesmo como desodorante. Confira na tabela abaixo como funciona o leite de magnésio:

FunçãoDescrição
LaxanteOs efeitos laxativos da substância podem se manifestar entre 30 minutos e 6 horas após o consumo
AntiácidoCombate a dores de estômago, mas o uso contínuo não deve ultrapassar 14 dias
Alivia aftasAjuda a neutralizar a acidez da boca, que é um dos fatores que contribuem para o aparecimento da afta

Posso usar o leite de magnésio no rosto?

Oficialmente, o leite de magnésio é indicado somente para problemas de acidez no estômago e prisão de ventre.

Mas com uma simples pesquisa na internet, você vai encontrar muitas indicações de uso na pele. Acredita-se que a aplicação de leite de magnésio na pele ajuda a clarear manchas, melhorar a oleosidade e até tratar acne.

Mas não há comprovação desses efeitos. Por isso, é preciso cuidado, já que o produto também pode causar descamações e ressecamentos. Na dúvida, consulte o seu dermatologista.

Leite de magnésio: Quais cuidados você deve ter com o consumo?

O leite de magnésio, se consumido em excesso, pode causar alguns efeitos colaterais, como:

  • Diarreia;
  • Cólica;
  • Vômito;
  • Diminuição da urina;
  • Fraqueza muscular;
  • Diminuição do batimento cardíaco.

Por isso, o ideal é tomar apenas a dose recomendada, consumir o produto de forma moderada e a curto prazo.

Já quem tem problemas renais ou intolerância a algum componente da fórmula deve evitar a ingestão de leite de magnésio. Além disso, ele é contraindicado para grávidas e crianças com menos de 3 anos.

Leite de magnésio também serve para usar nas axilas?

Outra aplicação bastante popular do leite de magnésio é como desodorante. Ele é eficiente nas axilas porque consegue combater a acidez do suor, que é o que permite a proliferação de bactérias e causa o mau cheiro.

Além disso, o uso do leite de magnésio nas axilas é cada vez mais usado por três motivos:

  1. É uma alternativa ecológica ao desodorante comum;
  2. É mais barato que os desodorantes comuns;
  3. Dura mais tempo.

O leite de magnésio serve para emagrecer?

Não. Ao consumir o leite de magnésio, a pessoa de fato perde muito líquido e isso pode ser confundido com a perda de peso. Mas o que caracteriza o emagrecimento é, de fato, a perda da gordura e isso não ocorre.

Mas até mesmo a perda de líquido é temporária. Assim que você ingere água, seu corpo restabelece a hidratação.

Vale ressaltar ainda que utilizar o leite de magnésio sem necessidade e de forma exagerada pode causar desidratação que, por consequência, pode gerar prejuízos como:

  • Secura na boca;
  • Sonolência;
  • Tontura e vertigem;
  • Dor de cabeça;
  • Prisão de ventre;
  • Irritabilidade;
  • Febre;
  • Respiração e batimento cardíaco acelerados.

Como tomar leite de magnésio de forma correta?

O ideal na hora de consumir qualquer medicamento ou suplemento é contar com a orientação de um médico.

Mas, em geral, a dosagem diária de leite de magnésio indicada para casos de constipação intestinal varia entre 1 colher de chá e 1 colher de sopa até três vezes ao dia.

Qual a diferença entre o leite de magnésio e o suplemento comum de magnésio?

Como vimos, o magnésio é um mineral bom para a saúde em geral, incluindo a do intestino, e pode ser encontrado em diversos formatos.

Sendo assim, podemos dividi-los em duas categorias básicas: O suplemento comum de magnésio e o leite de magnésio. De modo geral, os suplementos servem para tratar doenças e repor nutrientes que estão em falta no nosso organismo.

No caso do magnésio, a deficiência pode ocorrer por conta da ingestão insuficiente de alimentos ricos nesse mineral ou devido a problemas de saúde que dificultem a absorção do nutriente.

No entanto, ainda que o suplemento de magnésio pode ser benéfico para a saúde do intestino, é o leite de magnésio que age especificamente como laxante e antiácido. Para resumir, confira a seguir as principais diferenças entre eles:

Tipos Indicação
Suplemento de magnésioPara repor a deficiência do mineral no corpo
Leite de magnésioPara tratar prisão de ventre e azia

Ou seja, se você tiver problemas intestinais, e também for constatado que você sofre de deficiência de magnésio, o ideal é que você considere o suplemento alimentar.

No entanto, para ter certeza é fundamental que você se consulte com um especialista. Somente um médico poderá recomendar a versão ideal e as doses adequadas para tratar sua condição de saúde.

Quais os tipos de suplementos de magnésio?

Se o suplemento for a melhor opção para você, recomendamos também que analise bem na hora de escolher o produto ideal.

Como existe uma grande variedade de suplementos de magnésio, é preciso cuidado para investir na fórmula e dosagens corretas. A maioria dos suplementos de magnésio não garante que todo o mineral presente na fórmula será absorvido pelo corpo.

Cápulas de suplemento de magnésio.
O suplemento é o ideal para repor o magnésio no seu corpo. (Fonte: alexlmx/ 123rf.com)

Por isso, os fabricantes investem em combinações como a do magnésio com o cloro, que resulta no suplemento de cloreto de magnésio. Com isso, o cloro faz com que o mineral seja melhor absorvido pelo organismo.

Mas, ainda assim, a biodisponibilidade do magnésio não chega a 100%, a não ser com o suplemento lipossomal.

O que é o magnésio lipossomal?

O suplemento de magnésio lipossomal da Sundt é uma novidade que acaba de chegar ao Brasil. Além de cuidar da saúde do seu intestino e suprir a carência de magnésio, esse suplemento ainda aumenta a biodisponibilidade do mineral.

Fabricado na Europa, ele foi desenvolvido para contornar o problema da baixa absorção do nutriente no corpo.

Produzido com camadas de lipossomas, o suplemento da Sundt faz com que o magnésio seja digerido com maior rapidez no intestino, o que reduz o risco de danos no estômago.

Além disso, a absorção na corrente sanguínea também é otimizada. Ou seja, com o suplemento lipossomal, todo o magnésio presente na cápsula irá agir em prol da sua saúde.

Conclusão

O leite de magnésio é um medicamento usado como laxante e antiácido. Além disso, é cada vez mais comum o seu uso como desodorante.

No entanto, se o que você busca é um produto que, além de cuidar da sua saúde, também reponha o magnésio no seu corpo, o ideal é optar pelo suplemento.

O suplemento de magnésio lipossomal da Sundt é o mais eficiente de todos. Ele acelera a absorção do mineral dentro do corpo, ajuda a melhorar a saúde do intestino e do organismo como um todo.

(Fonte da imagem destacada: artemtation / Pixabay.com.com)

References (3)

1. Determinação do teor de hidróxido de magnésio em leite de magnésia comercial - instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás.
Source

2. Aspectos Metabólicos e Nutricionais do Magnésio - Nutrición Clínica e Dietética Hospitalaria
Source

3. Constipação intestinal: Uma revisão - Curso de Especialização em Sáude Pública da Faculdade de Farmácia da Universidade Federal de Minas Gerais. Diniz, Elaine Maria Santos Ramalho Rodrigues.
Source

Artigo científico
Determinação do teor de hidróxido de magnésio em leite de magnésia comercial - instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás.
Go to source
Artigo
Aspectos Metabólicos e Nutricionais do Magnésio - Nutrición Clínica e Dietética Hospitalaria
Go to source
Monografia
Constipação intestinal: Uma revisão - Curso de Especialização em Sáude Pública da Faculdade de Farmácia da Universidade Federal de Minas Gerais. Diniz, Elaine Maria Santos Ramalho Rodrigues.
Go to source